segunda-feira, dezembro 17Bem-vindo à bordo, Marinheiro!

Desemprego tem nova queda em outubro, mas ainda atinge 12,4 milhões de pessoas

A taxa de desemprego no Brasil caiu pelo sétimo mês seguido registrando 11,7% no trimestre encerrado em outubro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ainda assim, atinge 12,4 milhões de pessoas no país.

população
FOTO: reprodução

A população desocupada (12,4 milhões) caiu -4,0% (menos 517 mil pessoas) frente ao trimestre de maio a julho de 2018. No confronto com igual trimestre de 2017, houve redução de -3,1% (menos 389 mil pessoas).

A queda foi puxada mais uma vez pelo aumento do número de trabalhadores sem carteira assinada e por conta própria, que bateram recorde. O número de empregados no setor privado sem carteira de trabalho assinada (11,6 milhões) subiu 4,8% em relação ao trimestre anterior, uma alta de 534 mil pessoas. Em relação ao mesmo trimestre de 2017, subiu 5,9%, um adicional de 649 mil pessoas.

O número de trabalhadores por conta própria (23,6 milhões) subiu 2,2% contra o trimestre anterior (mais 497 mil pessoas) e 2,9% em relação ao mesmo trimestre de 2017 (mais 655 mil pessoas).

“A desocupação vem em processo de queda e essa tendência é em função da entrada de pessoas trabalhando na informalidade. Os empregados com carteira de trabalho não dão nenhum sinal de aumentar. O que aumentam são os empregados sem carteira e os trabalhadores por conta própria, principalmente sem CNPJ”, explica o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo.

Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad-C) mostram ainda que o aumento no contingente de ocupados foi distribuído entre os grupos de atividade, com destaque para Informação, Comunicação e Atividades Financeiras, Imobiliárias, Profissionais e Administrativas (mais 214 mil pessoas) e outros serviços (mais 240 mil pessoas).

Deixe uma resposta